Cargas do passado

Nada pior para começar o dia do que receber uma intimação para devolver um os autos de um processo, no prazo de 24 horas, sob pena de busca e apreensão e comunicação à Ordem dos Advogados do Brasil para a instauração de procedimento disciplinar. E foi assim que o meu dia começou.

Incrivelmente, consta da referida publicação, oriunda de Comarca diversa da que atuo, que eu estaria com carga do processo desde fevereiro de 2011, ou seja, há um ano! Quando li, fiquei inconformado, pois não é habitual eu deixar de devolver os autos do prazo correto, ainda mais depois de um ano.

Prontamente liguei no Fórum da Comarca em questão e falei diretamente com o diretor do Cartório, que, solícito, acessou o sistema, embora não costumem dar informações pelo telefone, e verificou que os autos já haviam sido devolvidos, dentro do prazo (como disse, há mais de um ano atrás), mas que, por um lapso, o referido despacho havia sido publicado no diário oficial em razão dos autos estarem perdidos.

Agora fico me questionando, até quando? Esse monte de papel que se perde em Cartórios sem um mínimo de organização já passou do tempo de deixar de existir. Processo físico só prejudicam a imagem da Justiça e a vida do jurisdicionado. Já passou da hora de acabar com isso! Processo eletrônico não é mais um capricho, mas sim uma necessidade de importância máxima.

Todo o meu serviço ficou prejudicado em razão de um processo que se perdeu em outra cidade. Gastei com telefonema interurbano e muito tempo para resolver um problema que não dei causa. Enquanto isso, a esperança de um dia vermos Cartórios organizados, sem aquele monte de papel e poeira, é mínima!

Estou cansando de ver a imagem do advogado deturpada quando o menor dos culpados é o próprio advogado. Ainda acreditam que advogado não vai pro céu, mesmo depois de tudo que passamos frente à clientes, magistrados, promotores e, principalmente, servidores frustrados!

Pronto, desabafei! Meu dia começa agora…

2 respostas para Cargas do passado

  1. Carla Campanez disse:

    Concordo plenamente!

  2. Leonardo Lima disse:

    Essa é somente uma das razões do nosso Poder Judiciário estar tão desacreditado… E também do interesse em milhares de advogados “correrem” da advocacia, tentando o ingresso no serviço público.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: