Um pouco do caso “Eloá”

Mais uma vez o país para para assistir ao julgamento de um dos casos mais brutais de homicídios, que chocou toda a população pelo enorme sofrimento causado às vítimas e suas famílias, afinal, a morte de uma jovem foi precedida de mais de 100 horas de cárcere privado, muito assédio da mídia sensacionalista, bem como muitas ameaças e agressões, inclusive com alguns disparos por arma de fogo.

A condenação do acusado é certa, independente do pré-julgamento realizado pela sociedade e principalmente pela imprensa. Hoje mesmo assisti a um determinado jornal de âmbito nacional em que a âncora do programa alertou aos telespectadores de que deveriam “tomar cuidado para o julgamento”, tendo em vista que a defesa teve tempo suficiente para preparar o acusado e toda a tese defensiva.

Meu Deus, nunca imaginei ouvir tanta besteira em tão pouco tempo. A responsabilidade de um jornalista é muito grande para diminuir a importância de um advogado que abdica de muitos anos de sua vida para assegurar a manutenção do estado democrático de direito. A imagem que se quer passar de um advogado é de um mero defensor de bandidos.

No caso em tela, certamente o réu será condenado. Sou advogado, atuo na área criminal, e reconheço a culpa de um réu, mas não podemos deixar de lado princípios básicos do estado democrático, como o contraditório, a ampla defesa e, principalmente, o devido processo legal. E mesmo assim, a condenação continua sendo certa, muito mais pelas monstruosidades que cometeu o acusado do que pela atuação da acusação ou da defesa.

Um "telespectador" do sucesso televisivo que se tornou o julgamento do caso Eloá. O homem que aparece na foto também fez a mesma encenação em outros julgamentos, como no caso do casal Nardoni.

No último caso de grande repercussão nacional, em que o “casal Nardoni” foi condenado pelo assassinado da pequena Isabella, também acredito que a Justiça foi feita, principalmente porque a defesa pode ser feita dignamente. Não creio que seja tão difícil entender que o advogado não é o criminoso. E que se ele não estiver lá, o próprio estado, que é quem acusa o réu, deverá fornecer um defensor e, mais que isso, remunerá-lo para tanto.

Continuo acompanhando todas as notícias na mídia sobre o “caso Eloá”, e espero, profundamente, não ver mais uma vez o advogado ser agredido por aqueles que transformam o Tribunal do Júri em um verdadeiro picadeiro.

About these ads

3 respostas para Um pouco do caso “Eloá”

  1. Araujo disse:

    Dr. Júnior, mais assustador que ver uma âncora de um grande jornal de âmbito nacional, é ouvir de um colega de curso.

    Estou no segundo período do curso de Direito, iniciamos o curso de Penal. Na primeiro aula, um aluno questiona a professora por que um advogado defenderia um criminoso, quais razões? Indagou ainda “só o dinheiro seria justo”

    Acho que a decepção da professora foi tamanha, afinal tivemos a Teoria Geral do Direito e Política, que não conseguiu responder à pergunta sem demonstrar desânimo em sua palavras.

    Depois da aula, pessoalmente, questionei se ele era a favor de um regime de ditadura. Vai que…

  2. Pois é, colega.

    Enquanto isso, assistimos a população vaiando a advogada do acusado, dentro e fora do picadeiro, digo, do júri.

    Daqui a pouco, vão querer condená-la, junto com o cliente!

    É como eu sempre digo, o problema do povo é o povo!

  3. Marcia disse:

    Vamos continuar lutando pela nossa classe para continuar prestando um bom serviço à sociedade e uqe, o povo que é leigo, infelizmente só entende o que os jornalistas falam dos quais nada sabem sobre direito e passam informações erradas iludindo o povão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 44 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: